4 razões pelas quais ser egoísta é bom para você

Você pode finalmente procurar o número um. Seja um pouco ganancioso com suas próprias necessidades e você tornará o mundo ao seu redor melhor no processo.

4 razões pelas quais ser egoísta é bom para você

Ser chamado de egoísta não parece um elogio, mas o traço pode realmente fazer de você uma pessoa melhor, dizem os especialistas em psicologia.



Quando você cuida de si mesmo primeiro, você se mostra uma pessoa saudável e com os pés no chão na vida, diz Bob Rosen, autor de Fundamentado: como os líderes permanecem enraizados em um mundo incerto (Jossey-Bass, 2013).

Orientado para a sobrevivência, Rosen diz que é da nossa natureza cuidar primeiro das nossas próprias necessidades. O instinto acabou tendo uma má reputação, no entanto, e se tornou a fonte de emoções negativas como medo e culpa.



Se você não pode cuidar de si mesmo, você não pode cuidar dos outros. Ser egoísta é fundamental.

Conforme evoluímos, desenvolvemos necessidades de ordem superior, [como] nos tornarmos centrados na comunidade, diz ele. Nossa teoria de desenvolvimento humano é baseada em um modelo de que você é egoísta ou orientado para a comunidade. A verdade é que você precisa ser os dois. Não é um ou-ou.

# sua voz é minha voz



Melissa Deuter, professora assistente clínica de psiquiatria do Centro de Ciências da Saúde da Universidade do Texas em San Antonio, concorda. Egoísta é uma palavra feia, mas pode significar duas coisas diferentes, diz ela. Uma conotação é que você não é gentil e tem consideração pelos outros. A outra é que você assume a responsabilidade de ter suas necessidades pessoais, emocionais e físicas satisfeitas, e isso é uma parte importante de se tornar um adulto.

Rosen e Deuter dizem que a chave para o egoísmo saudável é ser autocentrado em vez de autocentrado. Agende um tempo para mim e você poderá descobrir estes quatro benefícios:

1. Você será mais saudável

Pessoas egoístas tendem a cuidar melhor de si mesmas em vez de gastar muita energia atendendo às necessidades de todos os outros, diz Rosen. Ele entrevistou vários executivos para seu livro e descobriu que uma boa saúde física é uma característica comum de um bom líder.



Em vez de gastar todo o tempo no trabalho, esses homens e mulheres reservam um tempo para si mesmos, diz ele. Por exemplo, Dennis Nally é presidente global da PwC (anteriormente PricewaterhouseCoopers) e viaja mais do que qualquer outra pessoa que conheço. Pratica exercícios o tempo todo e se alimenta bem. Ele sabe que, para sustentar sua agenda de viagens, precisa dedicar um tempo para cuidar de si mesmo.

2. Você terá uma vantagem quando se trata de funções de liderança

Estudos têm mostrado que agir em seu próprio interesse pode lhe dar uma vantagem em papéis de liderança, diz Deuter.

Pessoas egoístas são mais confiantes e menos propensas a desistir de seus objetivos, diz ela. Eles vão atrás do que querem sem se desculpar e não têm medo de pedir aumento ou promoção.



Rosen concorda. Pessoas egoístas têm um impulso para o sucesso, diz ele. Freqüentemente, há um propósito maior em ser um grande líder - cuidar de outras pessoas. Mas se você não pode cuidar de si mesmo, você não pode cuidar dos outros. Ser egoísta é fundamental.

3. Você terá relacionamentos melhores

As pessoas terão mais dificuldade em manipular ou tirar vantagem de você se você for egoísta, diz Deuter. Definir limites significa saber onde você termina e a outra pessoa começa, diz ela. Se você tem dificuldade para se concentrar em si mesmo, pode ter dificuldade para dizer não.

Para ser uma pessoa saudável e com os pés no chão, você precisa ser egoísta, diz Rosen. Se você está procurando um parceiro para preencher suas necessidades emocionais, seu relacionamento é vulnerável. Os melhores relacionamentos acontecem quando dois adultos aparecem e se divertem.

jogadores perdedores do jogo de guerra

4. Você será mais feliz

Pessoas egoístas gastam seu tempo fazendo atividades que gostam de fazer.

Se você tem um senso bem desenvolvido de quem você é, do que gosta e a capacidade de comunicar isso aos outros, você será uma pessoa mais feliz, diz Deuter. Colocar-se em primeiro lugar não é uma qualidade negativa; é seu trabalho cuidar de si mesmo e conseguir o que precisa.

Rosen diz que Linda Rabbitt, fundadora da Rand Construction, é um bom exemplo de alguém que se cuida emocionalmente. Ela é muito autoconsciente e está sempre pedindo feedback, diz ele. E ela é uma pessoa geralmente positiva. Quando você consegue se concentrar dentro de si, fica muito mais autêntico e muito mais feliz.