5 maneiras de melhorar suas habilidades auditivas

Habilidades de escuta são essenciais para uma liderança responsiva, atenta e empática. Veja como aprimorar o seu.

5 maneiras de melhorar suas habilidades auditivas

Temos a tendência de prestar muita atenção à nossa capacidade de falar. De Toastmasters a uma quantidade ilimitada de cursos, workshops e treinamento disponíveis, vemos que falar, especialmente falar em público, é uma habilidade altamente desejável e procurada.

Falar em público é considerado uma habilidade essencial para aqueles que desejam progredir em suas carreiras nos negócios e na política. Mas, considerando todo o barulho relacionado à importância de falar, ouvir é virtualmente ignorado.

Pode-se argumentar que ouvir é tão importante quanto falar. Todos desejam ser ouvidos e compreendidos, e recompensamos as pessoas que nos proporcionam essas oportunidades com nossa confiança e lealdade.



Aqui estão cinco maneiras de aumentar nossas habilidades auditivas:

você pode me ouvir agora cara verizon

Relacionado: Na verdade, existem três tipos de escuta - aqui está como dominá-los


1. Esteja totalmente no momento

Você já conversou com alguém e descobriu que essa pessoa está distraída com alguma coisa e não está te ouvindo de verdade? Você provavelmente pensou que isso era irritante, frustrante e desrespeitoso. Nesse ponto, você pode até ter ficado com raiva ou encerrado a conversa.

transmissão ao vivo desfile macy de ação de graças

Quando alguém está falando, é de vital importância estar totalmente presente e no momento com essa pessoa. Se algo mais estiver em sua mente, como uma ligação que você precisa fazer ou uma mensagem de texto que você precisa responder, diga a eles, faça o que você precisa fazer e, quando terminar, diga a eles que você está pronto para ouvir.

Ao ouvir, preste atenção não apenas às palavras, mas ao tom de voz, às expressões faciais e à linguagem corporal. Isso lhe dará informações que serão tão importantes quanto as próprias palavras.

2. Coloque-se no lugar deles

Quer você concorde com o palestrante ou mesmo tenha interesse no que ele tem a dizer, o que ele está dizendo é importante para ele. Imagine-se na situação deles, querendo apenas que alguém os ouça. Quando eles estiverem falando, faça um esforço para pensar de onde estão vindo e por quê. Imagine como é a vida deles e quais lutas eles podem estar enfrentando. As pessoas apreciarão que você fez um esforço para entendê-las e realmente ouvi-las.


Relacionado: 6 maneiras de se tornar um ouvinte melhor


3. Pegue os pontos-chave e informe ao palestrante o que você fez

Muitas pessoas têm dificuldade em se concentrar no que alguém está dizendo, especialmente se falar por mais de um minuto. É fácil nossa atenção se desviar para outra coisa que podemos achar mais interessante. Se for esse o caso, tente captar alguns pontos-chave da conversa. Depois que eles terminarem de falar, diga-lhes que você os ouviu mencionando os pontos-chave que os ouviu dizer e peça que esclareçam tudo o que você não entendeu. Você será perdoado por não conseguir acompanhar toda a conversa, se a pessoa que está falando acreditar que você fez um esforço honesto.

4. Pratique a escuta ativa

A maioria das pessoas está pensando em como responderá quando alguém estiver falando. Em vez de fazer isso, tente se concentrar completamente no que a pessoa está dizendo. Finja que você será testado em quanto do que eles estavam dizendo você ouviu e entendeu. Um bom exercício para praticar é sentar-se com um membro da família ou um bom amigo e praticar simplesmente dar feedback a eles sobre o que você os ouviu dizer. Você notará que fica muito mais fácil se concentrar nas palavras deles quando você não está se preocupando em como responderá.

vendo o número 444

5. Desenvolva a curiosidade, uma mente aberta e um desejo de crescimento contínuo

Pessoas que são naturalmente curiosas veem as conversas como oportunidades de aprendizagem. Eles estão sempre procurando descobrir ou aprender algo novo e ver todas as pessoas com quem conversam como tendo o potencial de lhes ensinar algo. Eles estão abertos à ideia de que sua própria maneira de ver as coisas pode não ser a única, ou necessariamente a melhor, e não sentem a necessidade de sempre defender seu próprio ponto de vista ou forma de ver o mundo.

Essas pessoas estão continuamente em busca de novas oportunidades de aprendizagem e enfrentando novos desafios. Você reconhecerá essas pessoas como aquelas que estão se inscrevendo em cursos, se voluntariando e experimentando novas experiências ao longo de suas vidas. Para eles, ouvir os outros torna-se uma forma fácil e natural de continuar sua jornada de autodesenvolvimento.