6 maneiras de fingir confiança quando você se sente inseguro

Sentindo-se nervoso com uma grande entrevista de emprego ou uma apresentação para toda a empresa? Esses pequenos ajustes podem ajudá-lo a fingir até que você faça isso.

6 maneiras de fingir confiança quando você se sente inseguro

A maioria de nós já ouviu falar sobre pose de poder e a arte de fingir confiança usando gestos com os braços grandes e linguagem corporal aberta. A professora de Harvard Amy Cuddy popularizou essa noção e até argumenta que, fingindo, você pode se sentir forte e poderoso.



Se ficar parado como um super-herói não é suficiente, existem muitas outras maneiras de fingir confiança. Esteja você em uma entrevista de emprego de alto risco ou apresentando em uma reunião com seus colegas de trabalho, se você estiver se sentindo nervoso, tente as seis técnicas a seguir para criar a ilusão de confiança.

Você parecerá confiante - e ao tentar essas estratégias, você se sentirá mais confiante.



1. Faça contato visual

A primeira maneira de simular confiança é usar o poder de seus olhos.



Mais de 70% de nossos receptores sensoriais estão em nossos olhos. Os olhos dominam todos os sentidos - eles são muito mais poderosos do que todos os nossos outros sentidos juntos. Então, quando você olha as pessoas nos olhos, elas são compelidas a olhar para você e subordinar tudo o mais a essa conexão com você. Eles não podem escapar do seu olhar.

Se você estiver em uma reunião com seu chefe, direcione seu contato visual para ela, e ela terá menos probabilidade de desviar o olhar ou se distrair. Da mesma forma, se você estiver falando em uma reunião de equipe, faça contato visual individual com cada participante da sala. Ao fazer isso, toda a sala sentirá o poder do seu olhar e ficará centrada em você.

Esse controle da sala lhe dará a aura de uma pessoa extremamente confiante.

h & m reciclar roupas

2. Sente-se e fique em pé



A segunda maneira de fingir confiança é ser o mais alto possível.

Se você se sentar e ficar em pé, projetará uma versão elevada de si mesmo (literalmente!) E parecerá confiante, não importa o que esteja sentindo por dentro. Você também parecerá estar em uma posição pronta - pronto para falar, responder e contribuir com confiança para a discussão. Em contraste, se você olhar para baixo, encurvar ou torcer seu corpo, você parecerá menos centrado e menos seguro.

Se você puder escolher entre ficar em pé e sentar, escolha ficar de pé. Quando você estiver fazendo uma apresentação para uma sala cheia de pessoas, ou quando estiver em uma teleconferência, ficar de pé não apenas impressionará os presentes, mas também dará mais autoridade à sua voz.

3. Fique quieto



Uma terceira maneira de parecer confiante é manter o corpo imóvel e evitar mover-se aleatoriamente ou excessivamente.

Se você tem muitos gestos ocupados ou movimentos fugidios, provavelmente projetará confusão, nervosismo, ansiedade ou falta de preparação. Portanto, evite movimentos fugazes de sua cabeça, gestos agitados de braço e pequenos gestos de pulso, movimentos de perna ou contrações nervosas. Além disso, evite tocar em si mesmo e cuidar de gestos como arrumar o cabelo. Ao renunciar a esses gestos aleatórios ou nervosos, você fará com que cada movimento conte e permitirá que o público veja sua confiança e equilíbrio.

4. Diminua seu ritmo

Uma quarta maneira de parecer confiante é diminuir a velocidade com que você fala.

Tendemos a nos apressar quando estamos nervosos e a pressa faz nosso público perceber que não estamos confortáveis ​​e que estamos ansiosos para terminar nossa conversa. Ao diminuir o ritmo, você transmite exatamente a impressão oposta: que se sente à vontade para falar, que suas ideias são importantes para você e que deseja que o público ouça e aprecie suas ideias. Existem duas maneiras de desacelerar. Primeiro, altere sua taxa de entrega de palavras. Prolongue o tempo que você dedica a cada palavra. Em segundo lugar, aumente a duração das suas pausas. Isso dirá ao seu público que você deseja que eles absorvam cada ideia, e você está dando a eles tempo para fazer isso.

5. Proteja sua voz

Uma quinta maneira de projetar confiança é falar em tom mais baixo.

Esses registros mais profundos darão à sua voz uma qualidade que sugere que você é forte, formidável e semelhante a um líder, embora possa estar se sentindo inseguro.

Ao pensar conscientemente em aprofundar sua voz, você evitará os padrões vocais inconstantes que geralmente vêm com o nervosismo. Na verdade, mesmo quando não estão nervosas, algumas pessoas têm vozes agudas, estridentes ou que disparam no final das frases. Todos esses padrões incorporam um estilo vocal que sugere falta de confiança (embora esses padrões vocais possam ser vestígios de nossa juventude).

Portanto, se você estiver falando em uma reunião, tente conscientemente fundamentar sua voz. Pense gravitas, o que significa seriedade ou sobriedade. Pense na gravidade puxando sua voz para baixo. E, ao fazer isso, suas palavras ressoarão com mais significado e você parecerá muito mais confiante do que quando sua voz estava mais alta.

6. Articule suas palavras

Finalmente, você pode simular confiança articulando claramente suas palavras.

Todos nós já ouvimos oradores que desvalorizam o que dizem falando mal. Você parecerá mais confiante se colocar comprometimento e energia por trás de suas palavras. Fale para que seu público entenda cada palavra que você profere. Resmungar fará com que você pareça inseguro e sem vontade de se colocar totalmente no que está dizendo.

O segredo para uma boa articulação é não deixar sua energia cair no final das palavras ou no final das frases. Fique com suas ideias e deixe-as ressoar totalmente com seu público.

Essas seis maneiras de projetar confiança - mesmo quando você estiver nervoso - o ajudarão a transmitir uma imagem poderosa de si mesmo. E o bônus adicional é que, ao usar essas técnicas, você se tornará realmente mais confiante.

véspera de ano novo ao vivo em nova york